com Luís Onofre #MyEverydayLife

gosta de desporto tanto quanto de sapatos e se não se tivesse dedicado à arte familiar do design, ter-se-ia certamente tornado num 'viajante profissional'.

Luís Onofre, o designer que este ano abriu uma flagship store no 247 da Avenida da Liberdade (Lisboa), partilha as suas 24 horas em #MyEverydayLife.

respostas dadas em trânsito para uma viagem ao Dubai #obrigada (!)

 

07:00a.m 

Se as ondas estiverem boas, vou surfar um pouco de manhã. Gosto de começar ou acabar o dia no surf. É um desporto que me relaxa.

08:30a.m

Pequeno almoço em família antes da escola e do trabalho. Tenho três filhas e muito pouco tempo pelo que elas são sempre a minha principal prioridade.

09.30a.m>7.30p.m

Chego à fábrica e organizo as tarefas em função do calendário da marca. Poderemos estar a preparar a participação numa feira internacional de calçado (semestralmente participamos por exemplo na Micam, na Modacalzado, e na Obuv. Mir Kozhi, Rússia), ou a conceptualizar e produzir a proxima coleção. Como gosto de trabalhar entre o esquiço e a linha de produção, envolvo-me muito com as várias equipas que compõem a marca. É também comum agendar visitas com clientes ou agentes comerciais internacionais que regularmente visitam o nosso showroom comercial. Trata-se de um dia a dia pouco difícil de prever em horário.

7.30p.m>...

O meu tempo livre é dedicado à família e aos amigos. Tento sempre separar ao máximo as duas dimensões. Como trabalho com a minha mulher, Sandra Cachide, precisamos mesmo de não prolongar a marca em casa. Gosto imenso de cozinhar, de saborear um bom vinho, de receber amigos ou simplesmente ver as minhas filhas crescer...!

 

Se não fosse designer a que se teria dedicado?


Ser designer de sapatos não foi um sonho de infância, embora pertença à terceira geração de uma família ligada ao calçado (Conceição Rosa Pereira). Acho que por ter desde sempre o calçado presente na minha vida, tinha a necessidade de romper com a tradição. Sempre soube que teria de ser algo criativo. Frequentei o curso de Belas Artes no Porto e pensava seguir design de interiores quando acabei por me apaixonar irremediavelmente pelos sapatos. Até hoje! Se não fosse designer de sapatos, acho que gostava de ser viajante profissional. Gosto muito de surf e caminhadas por isso tentaria uma atividade que as relacionasse.


Se não vivesse em Portugal (Porto) onde gostaria de viver e porquê?


O Porto é a minha cidade e não gostaria de chamar casa a outro local. Gosto mesmo muito de regressar a esta pronúncia do Norte que associo a uma atitude corajosa e franca. Aqui avançamos sempre com garra e um sorriso aberto. Sabemos que podemos ir longe e que somos capazes do que desejarmos.

 

por Luís Onofre

obrigada!

loja

sapatos

ambiente na inauguração

Luís Onofre Store @Avenida da Liberdade, 247 (Hotel Turim Avenida da Liberdade)
 

 

Inês *