life coaching

amiga de uma amiga, a Inês de Castro Assis convidou-me a experimentar uma sessão de uma nova vertente de #lifecoaching que ela pratica: através das cartas e da intuição de quem as lê.

não sou uma pessoa cética (muito pelo contrário) e a minha recente viagem global fez-me compreender e aceitar muita coisa. sobretudo ideias e outras (novas) sabedorias. 

é sempre assim quando nos desprendemos do que já existe e partimos ao saber. e esse enriquecimento é sempre tanto maior (e melhor) quanto menos preconceitos tivermos a limitar-nos. toda e qualquer visão só pode expandir-se assim, com esse desprendimento.

hoje, sou pessoa ainda mais tolerante e se há intolerância que me assiste é a de não suportar pressupostos só porque sim. é que normalmente quem os defende não viu para além deles; e eu já vi. in loco.

gostei muito da sessão meio espiritual meio profissionalmente orientada que a Inês me ofereceu. um hora, as perguntas que quisermos, uma conversa quase de amigas, alguns (bons) momentos de reflexão. 

esta vertente foi algo que já queria ter explorado antes e que o viver fora me permitiu desenvolver junto de outras culturas - a minha paixão por Singapura, por Bali e pelo Vietname tem um motivo e ele não se prende somente com as paisagens fantásticas; existe muito além disso e só quem se predispõe naturalmente aos outros consegue entender.

na minha viagem fui sempre assim: disponível e predisposta a quem comigo se cruzava.

e o resultado disso foi, também, ter resolvido tornar esse o meu método (lema) de vida.

tenho outras viagens em agenda (futuras) onde quero continuar a explorar esta vertente.

é bom sair e perceber que nos reencontramos.

 

info sobre as consultas da Inês aqui: Life Coaching 

obrigada Inês !