new kinda black

 

unretouched é a palavra de ordem que tem circulado por aí.

a diferença entre ambas as campanhas / sessões fotográficas acima é a da posterior alteração da imagem (numa acontece, noutra não)

adoro a proposta para cabelo da marca italiana Giada SS 2015 - o bun vai continuar e isso é algo que me agrada. se não continuasse, eu continuaria a usá-lo, mas gosto de saber que se mantém - acho-o absolutamente elegante e feminino. (para ler mais sobre buns e tendências cabelo 2015 aqui

o que realmente me interessa é a série unretouched agora protagonizada por Kate Moss - antes por Lara Stone depois de ter sido mãe - que evidencia as imperfeições das modelos e que as expõe ao olhar e escrutínio público. 

afinal, a imperfeição é bonita e isso deve ser aceite e celebrado também, certo? 

aos 40 anos a Moss continua giríssima.  in January issue Vogue Italia