bronzeamento natural no inverno: sim ou não?

para mim sim. sempre. a minha pele é naturalmente morena e eu nunca fico muito "branca", nem mesmo no inverno, mas desde que me foi apresentada esta nova alternativa em bronzeamento que fiquei super fã! já vos tinha falado do Sun Institute e do bronzeamento natural que a marca promete, mas achei que tendo em conta que fui convidada para experimentá-lo uma vez mais, desta vez em pleno outono inserido na In Beauty Lisboa, faria sentido recapitular aqui no blog a sua história - e dizer-vos que vale mesmo a pena experimentarem na vossa pele para manutenção do bronzeado o ano inteiro (uau) :)

recapitulando...

o tratamento é francês e só recentemente chegou a Portugal, estando presente em poucos SPA's espalhados pelas várias regiões do país (apenas dois na capital). o bronzeamento natural do Sun Institute é um tratamento inovador à base de 98% de componentes vegetais, livre de químicos, parabenos, colorantes e derivados animal, e ainda aprovado pelo Infarmed! a aplicação é fácil e rápida (máximo de 20 minutos) e funciona na pele quase como um jacto de água termal (refrescante e hidratante). os efeitos são visíveis poucos minutos após a primeira sessão (acreditem, são meeeesmo) e evolutivos ao longo das 6 horas seguintes.

o segredo? a fórmula vegetal ativa a melanina natural da pele: não pinta, não cola, não mancha. pelo que cada bronzeado é diferente porque cada pele é também ela diferente. numa única sessão é possível obter-se o mesmo bronzeado que em 6 sessões de solário (mas sem os efeitos contrários deste).

em frança, este tratamento é inclusive aconselhado por dermatologistas no combate à acne!

para o outono / inverno, quando o corpo está menos exposto, a ideia pode ser focarem-se no rosto e no decote; mantém-se tanto mais quanto mais prolongada for a vossa exposição ao sol, mas nota-se logo a seguir à primeira aplicação, o que é ótimo.

como em tudo na vida, nada como testar e tirar as próprias conclusões! ;)

Instagram @ineslisboncover

fotografia Sun Institute