então e sevilla?

quando uma amiga me enviou uma mensagem dando-me os parabéns - depois de me ter ligado e eu, distraída, não ter atendido, dizendo que tinha adorado a mudança repentina de destino do fim de semana de férias: "adorei as fotos, que grande mudança foi essa?". eu respondi-lhe com a minha naturalidade de sempre que ela já devia saber que em mim reside uma costela de doida, pelo que... qual é exatamente o espanto? 

bem, Sevilla foi isso. uma mudança repentina porque quis, porque só lá tinha estado em miúda, porque não me apetecia descer ao algarve (mesmo que lá estivesse à minha espera a casa de sempre). peguei então em mim e fui passar 24 horas fora. na cidade do "guapa" e dos "olés". (comi croquete de touro e estou a penitenciar-me até hoje por isso, mas adiante...).

o que ver/fazer em Sevilla?

  • a Plaza de España;
  • a Catedral;
  • o bairro Santa Cruz (com ruas fantásticas para percorrer a pé e descobrir todos os recantos; obrigatório: parar para uma bebida aqui e deixarem-se refrescar pelos dispersores de água suspensos nos toldos - a vossa salvação para aquelas temperaturas!);
  • a ponte e o rio e a Torre Del Oro (mais bonitos à noite porque se iluminam);
  • comer tapas, andar de charrete se vos apetecer; para comer: é giro fazê-lo no bairro Santa Cruz, mas sai mais caro. sugiro o restaurante Taberna Los Coloniales muito perto do centro mas não em Santa Cruz - é aqui que vão os residentes para as suas tapas; se quiserem mesmo comer no bairro por ter todo aquele encanto da música de rua e da movida sigam para La Catedral Bar
  • à noite: OBRIGATÓRIO passear ao longo do rio Guadalquivir e conhecer o Mercado Lonja Del Barranco que é assim uma réplica do nosso Mercado de Campo de Ourique, só que de olhos postos em água (o que torna tudo mais encantador, claro). todos os outros bares também andam por aqui;
  • o mais giro? caminhar. ver as cores. ouvir as pessoas. falar com quem passa. experimentar o espanhol (ao fim de umas horas vão achar que já dominam aquilo!)

o hotel (Hotel Sevilla Center) onde fiquei alojada foi marcado à última da hora. requisito: ter um minímo de 4 estrelas e ser suficientemente central para não perder muito tempo. se cumpriu? cumpriu. não era espetacular, mas isso acho que tem a ver com a minha exigência... o bonus: tinha um terraço e uma piscina fantásticos com vista para a Plaza de España, logo ali ao lado. a parte má: faltava-me um vidro na banheira, não tinha chinelos de banho e quando cheguei ao wc encontrei cabelos (!!!) no chão. hummm, não. coisas sujas afligem-me. tudo o resto estava okay.  

mais fotos da viagem em Instagram @ineslisboncover 

go for it!

;)