Ando

Com pouca paciência para tótós. Que me perdoe quem um dia terá dito que devemos ser tolerantes, mas para estes ando realmente com pouco paciência. Sobretudo quando, olhando com o devido distanciamento, percebo que um tótó é quase sempre um oportunista (ou acaba por sê-lo muitas vezes). Porque é tótó, e sem a bengala não consegue sozinho (shame on you). Então apoia-se, repete, copia (esta aqui tinha muito que se lhe dissesse..!). Isto não é propriamente uma tese sobre tótós às 9 horas da manhã de hoje, não. É um breve apontamento. A tolerância que me perdoe. Só hoje. Que amanhã já estou pessoa diferente.