Da decadência (de um país)

Estava para aqui a pensar que…

A decadência de um país vê-se (também) naquilo que se passou a vender - e a que preço! - no OLX.

No facto de - mais grave - para marcar uma consulta médica num estabelecimento público, ser necessário ligar até seis vezes e ouvir nas primeiras cinco: ‘Isto está muito complicado que agora somos só duas. Não se importa de ligar mais tarde para marcar?’. Ficamos a pensar que era melhor nem terem atendido. Ou que se somarmos o tempo despendido nos cinco telefonemas, talvez tivesse compensado a marcação à primeira. Mas isto somos nós (eu) que pensamos (penso).

Seriamente, ficamos a ponderar o privado quando, na verdade, só precisamos de uma série de análises. Giro: pelas quais até já pagámos. Com impostos.

É isto (também) a decadência.