ghada abd el-aal tem 28 anos e é egípcia. tem um blog - 'i want to get married' - que se tornou livro e série televisiva. nele, escolheu abordar o tema da mudança de mentalidades entre as mulheres árabes mais jovens. muitas renunciam ao casamento e aos filhos em detrimento da vida de solteiras. e de uma carreira. é dela a frase, em entrevista recente à elle (arab world), ‘there is now a whole generation of girls over thirty years in egypt who are not married. this is a new class of its own that we will have to accept. we will not continue living in our family homes forever’. é giro o mundo. o seu ciclo de evoluções. o tempo que levam a gerar-se e o percurso que desenham. no fim, acabarão por convergir, só que em tempos diferentes. e pensar que, na europa, já pensámos assim. e dizer que, partilhando a opinião de muitas mulheres portuguesas (algumas amigas, outras conhecidas), na verdade, só esperamos poder regressar a casa com um pedido de casamento e a promessa de uma família. se houver trabalho, tanto melhor. mas ele vai ter de se adaptar às necessidades dos filhos. a família voltou a estar primeiro. e não é por isso que passámos a ser menos evoluídas. o tempo - e as experiências - mudaram-nos as convicções.