Quase que podia ser um postal. Pus-me a dar a volta aos livros que tinha na mesa de cabeceira (outros na secretária) - nos quais não toco, devo confessar, há séculos - e acabei a perguntar-me se eles podem, involuntariamente, revelar o que se passa cá no nosso chatinho inconsciente (hum… ‘Solteiras’? Junto com ‘A Última noite no Chateau Marmont’? Ai mãe). Anyway, resolvi reorganizá-los, para bem da minha vida pessoal que anda como Deus quer. E o guia de Itália solucionou a ‘loucura’. Eu sei, vou trabalhar, eu sei. Mas… para que servem os fins de semana? Seria um crime se não tentasse conhecer ao máximo. E, tal como para Nova Iorque, este guia da American Express para Itália vai certamente poupar-me possíveis momentos de desespero. Assim espero. P.S - A conchinha é da Costa. Mas metaforicamente falando pode ser a vida, se estiverem para aí virados :) Fotografia: Inês Alves  

Quase que podia ser um postal. Pus-me a dar a volta aos livros que tinha na mesa de cabeceira (outros na secretária) - nos quais não toco, devo confessar, há séculos - e acabei a perguntar-me se eles podem, involuntariamente, revelar o que se passa cá no nosso chatinho inconsciente (hum… ‘Solteiras’? Junto com ‘A Última noite no Chateau Marmont’? Ai mãe). Anyway, resolvi reorganizá-los, para bem da minha vida pessoal que anda como Deus quer. E o guia de Itália solucionou a ‘loucura’. Eu sei, vou trabalhar, eu sei. Mas… para que servem os fins de semana? Seria um crime se não tentasse conhecer ao máximo. E, tal como para Nova Iorque, este guia da American Express para Itália vai certamente poupar-me possíveis momentos de desespero. Assim espero. P.S - A conchinha é da Costa. Mas metaforicamente falando pode ser a vida, se estiverem para aí virados :)

Fotografia: Inês Alves